Estudo Preliminar vencedor do concurso para o Museu Marítimo do Brasil servirá de base para a elaboração do Projeto Executivo

O Projeto “Museu Marítimo do Brasil” — fruto da parceria entre o Departamento Cultural do Abrigo do Marinheiro (DCAMN) e a Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM) — alcançou, em 28 de janeiro, mais uma conquista, com a assinatura do contrato que dá início à Fase 2 desta iniciativa que entregará ao País seu primeiro museu marítimo.

O contrato foi celebrado entre o DCAMN e a equipe capitaneada pelo arquiteto e urbanista Rodrigo Quintella Messina, vencedor do Concurso de Estudos Preliminares de Arquitetura para o vindouro museu, em 2021. Assinado pelo Diretor Departamental do DCAMN e Vice-Diretor da DPHDM, Capitão de Mar e Guerra (T) Fábio Bittencourt Quirino, e por Messina, o documento prevê a elaboração de um Projeto Executivo de Arquitetura e de Projetos Técnicos Complementares para a construção do futuro Museu Marítimo do Brasil, que visa integrar e pensar o mar e a cidade sob óticas culturais e multidisciplinares.

blank
Capitão de Mar e Guerra Quirino e os arquitetos Francisco Rivas,
Rodrigo Messina e Martin Benavidez na assinatura do contrato

Para o Diretor do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha, Vice-Almirante José Carlos Mathias, presente remotamente à cerimônia de assinatura, essa contratação representa “um marco para dar cada vez mais materialidade” a um equipamento cultural que “volta os olhos para esse mar que atravessa a nossa história”. Segundo Rodrigo Messina, é uma “felicidade participar deste momento histórico e integrar esse debate importante sobre a cidade em interseção com o mar”.

Colaborador de Messina no projeto ganhador do concurso, realizado pelo Departamento do Rio de Janeiro do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB/RJ) no ano anterior, o arquiteto e urbanista Martin Benavidez resumiu o sentimento de sua equipe em estar ao lado da Marinha. “É um privilégio e um compromisso com a qualidade do projeto.”

Marcelo Barros, com informações e imagens da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui