blank

Google News

O Centro de Instrução Pára-quedista General Penha Brasil, inaugurou, em 25 de abril, o Gabinete Odontológico e a Ala Mulheres Paraquedistas, no Espaço Histórico General Penha Brasil. A Ala Mulheres Paraquedistas tem como objetivo homenagear as mulheres pioneiras dos cursos e estágios de especialização aeroterrestre. A solenidade contou com a presença do antigo Ministro de Defesa do Brasil e eterno Comandante da Brigada de Infantaria Pára-quedista, General de Exército Fernando Azevedo e Silva, entre outras autoridades. Seguem as pioneiras:

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

Curso Básico Paraquedista

Primeiro-Tenente da reserva não remunerada (R2) Ivi Costa dos Santos, primeira oficial; Primeiro-Tenente R2 Paula Raquel da Silva Bittencourt, segunda oficial; Aspirantes-a-Oficial Ana Luiza SantanaCíntia Silva VidigalGiovana Abrão SantosFabiana Muzzi LeiteRenata Alves de Lima CapriKimberly Galdino Afonso FerreiraIsabella Silva de Oliveira e Valquíria Letícia Gomes de Mesquita, primeiras da linha bélica da Academia Militar das Agulhas Negras; Segundo-Sargento Lane Carla Alves de Matos, primeira militar de carreira; Terceiro-Sargento Vanessa Martins Félix, primeira militar da Força Área Brasileira no curso, hoje agente da Polícia Rodoviária Federal.

Curso de Mestre de Salto

Terceiro-Sargento Carolina de Sá Martins Ribeiro, hoje Capitão da Polícia Militar do Rio de Janeiro, primeira praça de carreira; e Coronel Yamar Eiras Baptista, primeira oficial de carreira.

Estágio de Salto Livre

Segundo-Sargento Esther Varjão Pinheiro, primeira  militar de carreira; e Segundo-Sargento Juliana Rodrigues de Souza, segunda militar de carreira.

Estágio de Mestre de Salto Livre

Segundo-Sargento Juliana Rodrigues de Souza, primeira militar de carreira. Segundo-Sargento Cristina Lopes, primeira integrante do segmento feminino a compor a Formação Básica Paraquedista, como instrutora.

Curso de Dobragem, Manutenção de Pára-quedas e Suprimentos pelo Ar (DoMPSA)

Terceiro-Sargento do Exército Brasileiro Gabriela Melo da Silva (DoMPSA de nº 711); e Terceiro-Sargento da Força Área Brasileira Raniele Raica Finatto (DoMPSA de nº 709), pioneiras militares do segmento feminino no Brasil.

Presenças

Além do General de Exército Fernando Azevedo e Silva, Águia Uno 27, Prec nº 181, compareceram à solenidade o Presidente do Superior Tribunal Militar e eterno Comandante da Brigada de Infantaria Pára-quedista, General de Exército Luís Carlos Gomes Mattos, Águia Uno 24, Prec nº 124; o antigo integrante do Alto Comando do Exécito e eterno Comandante da Brigada de Infantaria Pára-quedista, General de Exército Renato César Tibau da Costa, Águia Uno 22 e Prec nº 114; o Diretor de Controle de Efetivo e Movimentações e eterno Comandante da Brigada de Infantaria Pára-quedista, General de Divisão Pedro Celso Coelho Montenegro, Águia Uno 33; o Comandante da Brigada de Infantaria Pára-quedista, General de Divisão Helder de Freitas Braga, Águia Uno 34; o Comandante nomeado da Brigada de Infantaria Pára-quedista e eterno Comandante da Escola de Paraquedistas, General de Brigada Adriano Fructuoso da Costa, Precursor 309; o eterno Comandante da Brigada de Infantaria Pára-quedista, General de Brigada José Siqueira Silva, Águia Uno 18; e o eterno Comandante da Brigada de Infantaria Pára-quedista, General de Brigada Gilseno Nunes Ribeiro Neto, Águia Uno 20 e Prec nº 84.

Fonte: Centro de Instrução Pára-quedista General Penha Brasil