Google News

Mulher de 36 anos, moradora na região do Paiaguás, no Pantanal, distante cerca de 110 km de Corumbá, foi trazida de helicóptero da Marinha para atendimento médico na cidade. 

Ela estava desorientada, com dores e não conseguia levantar da cama. O deslocamento foi feito com acompanhamento de um médico do Hospital Naval de Ladário e, na chegada ao heliponto do Esquadrão de Helicópteros, uma ambulância do Corpo de Bombeiros, seguiu com a paciente para a Santa Casa de Corumbá.

A Marinha do Brasil esclarece que o resgate de vítimas, por meio de Evacuação Aero Médica (EVAM), empregando helicópteros do Comando do 6º Distrito Naval, é realizado após solicitação do Corpo de Bombeiros, apenas em locais onde o acesso é difícil ou inviável via terrestre e em caso de emergência.

O voo depende, ainda, de diversos fatores, como condições meteorológicas, período diurno, distância, entre outros.

Fonte: Diário Online

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui