No emblemático dia 14 de março de 2024, a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) hospedou uma palestra significativa proferida pelo Ministro de Estado da Defesa, José Mucio Monteiro Filho. Com o tema “Atuação do Ministério da Defesa e os Desafios de Segurança e Defesa”, o evento marcou um momento crucial de diálogo e reflexão sobre as diretrizes atuais e os obstáculos enfrentados pelo Brasil no âmbito da segurança e defesa nacional.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Engajamento das Instituições de Defesa

A sessão contou com a presença de uma audiência altamente qualificada, formada por membros dos corpos docente e discente de instituições de renome na área da defesa, incluindo a Escola Superior de Guerra (ESG), Escola de Guerra Naval (EGN), Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME), Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR), e do Instituto Meira Mattos (IMM). Este encontro interinstitucional reforça a importância do diálogo e da troca de conhecimentos entre as diversas facções das forças armadas e academias de defesa do país.

Debates Enriquecedores

A conclusão da palestra abriu espaço para uma fase de debates, permitindo um aprofundamento nos temas abordados. Esse momento foi essencial para esclarecer dúvidas, apresentar perspectivas e discutir estratégias, enfatizando a relevância da colaboração e da inovação no enfrentamento aos desafios contemporâneos à segurança nacional.

Implicações para o Futuro da Defesa Nacional

A abordagem do Ministro José Mucio evidenciou não apenas a complexidade e a multidimensionalidade dos desafios atuais em segurança e defesa, mas também destacou as ações e as estratégias empregadas pelo Ministério da Defesa para navegar neste cenário volátil. O encontro na ECEME sublinha o compromisso com a educação e a preparação das futuras lideranças militares, capacitando-as para contribuir efetivamente para a segurança e a soberania do Brasil.

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).