Fonte: Marinha do Brasil

O processo seletivo para o Serviço Militar Voluntário de Oficiais (SMV-OF) aceitará inscrições de 23 de novembro a 5 dezembro de 2021. São 413 vagas de nível superior para atuações em todo o país. A taxa de inscrição é de R$ 140. Homens e mulheres com mais de 18 anos e menos de 41 até o dia 12 de setembro de 2022, data da incorporação, podem se inscrever, dentre outros requisitos.

Os rendimentos de Guarda-Marinha (GM), primeiro posto a ser ocupado, chegam a R$9.948,40, sendo R$7.315 de soldo, adicional militar de R$1.389,85, adicional habilitação de R$877 e adicional disponibilidade de R$365,75. Após seis meses, o Oficial passa a ocupar o posto de Segundo-Tenente, com rendimentos de R$10.935,40, sendo soldo de R$7.490, adicional militar de R$1.423,10, adicional habilitação de R$1.647,80 e adicional disponibilidade de R$377,50.

Ao completar um ano da incorporação, o Oficial ocupa o posto de Primeiro-Tenente e passa a receber R$12.120,15 de rendimentos, sendo R$8.245 de soldo, R$1.566,55 de adicional militar, R$1.813,90 de adicional habilitação e R$412,25 de adicional disponibilidade. No sétimo ano de serviço militar, o Oficial ocupará o posto de Capitão-Tenente, com rendimentos de R$13.611,15, sendo R$9.135 de soldo, R$2.009,70 de adicional militar, R$3.105,90 de adicional habilitação, R$456,75 de adicional disponibilidade.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Conheça a distribuição das vagas para Oficial temporário da Marinha
O candidato vai concorrer à vaga do DN para o qual se inscrever. As atuações serão para graduações de diversas áreas, como Área Técnica, Engenharia, Medicina, Saúde, Técnica-Magistério e Inspetor Naval, conforme o DN.

Vagas:
1ºDN – 213 vagas
2º DN – 16 vagas
3º DN – 36 vagas
4º DN – 25 vagas
5º DN – 14 vagas
6º DN – 10 vagas
7º DN – 21 vagas
8º DN – 57 vagas
9º DN – 21 vagas

Interessados em fazer o processo seletivo para o Serviço Militar Voluntário de Oficiais temporários (SMV-OF)  deverão acessar o site www.ingressonamarinha.mar.mil.br,  clicar em “Serviço Militar Voluntário”, clicar no mapa que mostra a região de interesse, ler o aviso de convocação (documento que rege a seleção) e inscrever-se.
O vínculo entre os militares temporários e a Marinha pode ser renovado uma vez por ano, podendo chegar ao máximo de oito anos, a critério do comando, sem chance de estabilidade depois deste período.

Serviço
Aviso de Convocação: https://www.marinha.mil.br/sspm/?q=content/processo-seletivo-para-o-servico-militar-voluntario
Taxa: R$140

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).