Niterói (RJ) – No dia 19 de julho, a Artilharia Divisionária da 1ª Divisão de Exército (AD/1), em parceria com órgãos municipais, recuperou a Praça Duque de Caxias, localizada no bairro São Domingos, próximo ao Forte do Gragoatá.

A iniciativa teve como principal foco a revitalização de áreas da cidade no entorno das instalações militares, proporcionando maior segurança e bem-estar à população que vive no bairro, além de ajudar na recuperação da Praça que leva o nome do Patrono do Exército Brasileiro e que havia sido ocupada por moradores de rua.

Tal ação precede a comemoração do Dia do Soldado, que será celebrado em formatura naquele local, ocasião em que será inaugurada uma nova placa sob o busto do Duque de Caxias com um resumo biográfico do Marechal Luiz Alves de Lima e Silva, de maneira a permitir a difusão dos feitos do ícone máximo do Exército Brasileiro às novas gerações de niteroienses.

Fonte: Artilharia Divisionária da 1ª Divisão de Exército

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui