blank
Divulgação/FINA

Pouco mais de uma semana após conquistar três medalhas (duas douradas) no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, em Budapeste (Hungria), A 3º Sargento da Marinha Ana Marcela Cunha foi, novamente, ao topo do pódio. Neste sábado (9), a baiana venceu a segunda etapa circuito mundial de maratonas aquáticas, realizada em Paris (França).

Ana Marcela finalizou os dez quilômetros de prova em 2h00min33s71, cerca de dois segundos a frente da holandesa Sharon Van Rouwendaal e da italiana Ginevra Taddeucci, que completaram o pódio). A gaúcha Viviane Jungblut ficou em quarto, com 2h00min37s03.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A baiana havia vencido a primeira etapa do circuito, no fim de maio, em Setúbal (Portugal). Com o novo triunfo, ela somou mais 800 pontos no ranking e foi a 1.600 pontos, 200 a mais que Van Rouwendaal. Viviane, que não tinha competido a prova anterior, assumiu o sexto lugar na classificação geral com os 550 pontos deste sábado.

A prova masculina de Paris teve participação de três brasileiros. O goiano Diogo Villarinho chegou na 34ª posição, com tempo de 1h53min15s20, um minuto e 37 centésimos atrás do italiano Gregorio Paltronieri – que venceu a etapa. O húngaro Kristof Razovszky foi o segundo colocado, com o australiano Nicholas Sloman em terceiro. O baiano Allan do Carmo e o carioca Guilherme Costa não tiveram marcas validadas pela Federação Internacional de Natação (Fina).

Na classificação geral, o brasileiro mais bem colocado é o paulista Bruce Hanson Almeida, na 40ª posição, com os 102 pontos somados pelo 24º lugar na etapa de Setúbal. O gaúcho Luiz Felipe Loureiro, que somou 96 pontos em Portugal com a 27ª posição, está em 45º. Com os 82 pontos obtidos neste sábado em Budapeste, Diogo aparece em 56º.

A próxima etapa do circuito mundial será em Lac Mégantic (Canadá), entre os dias 26 e 28 de agosto. A competição ainda terá provas em Fajardo (Porto Rico) e Elitat (Israel), em outubro e novembro, respectivamente.