As equipes da CPES e DPC realizam testagem com o fluorímetro em navio mercante

O Grupo de Vistoria e Inspeção (GVI) da Capitania dos Portos do Espírito Santo (CPES) realizou um teste de um equipamento voltado ao combate à poluição hídrica na cidade de Vitória, no Espírito Santo. A ação faz parte dos esforços para conter e remover poluentes das águas da região, contribuindo para a preservação do meio ambiente e da saúde pública.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Equipamento auxilia na contenção e remoção de poluentes

O inspetor naval realiza explicações sobre a funcionalidade do equipamento fluorímetro

O equipamento testado pelo CPES tem como objetivo auxiliar na contenção e remoção de poluentes presentes nas águas. Dessa forma, espera-se que, com o uso dessa tecnologia, seja possível minimizar os impactos negativos da poluição hídrica na fauna e flora locais, assim como na qualidade de vida da população.

Importância da preservação do meio ambiente e saúde pública

O combate à poluição hídrica é uma questão de suma importância, visto que a contaminação das águas pode afetar diretamente a saúde das pessoas e dos ecossistemas. Investir em tecnologias e estratégias para conter e remover poluentes é fundamental para garantir a preservação do meio ambiente e a qualidade de vida da população. Nesse sentido, a atuação do CPES e o teste do equipamento em Vitória representam um passo significativo na luta contra a poluição hídrica.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).