Plataforma na Bacia de Campos

Navios participantes da Operação “Aderex Anfíbia/Superfície” realizaram, em 27 de maio, ações de Patrulha Naval com a finalidade de implementar e fiscalizar o cumprimento de leis e regulamentos, e assim, prevenir crimes ambientais, contribuir para a salvaguarda da vida humana no mar e coibir a pesca ilegal, na área marítima da Bacia de Campos. A contínua ação de presença contribui para reforçar a soberania do País na Amazônia Azul, conceito político-estratégico, relacionado a uma área marítima que representa cerca de 67% do território nacional.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A presença do Navio-Aeródromo Multipropósito (NAM) “Atlântico”, da Fragata “Liberal”, da Corveta “Barroso” e das aeronaves “Lince” do 1º Esquadrão de Esclarecimento e Ataque e “Seahawk” do 1ª Esquadrão de Helicópteros Antissubmarino, contribuíram para a Marinha mostrar seu poder de dissuasão naquela região petrolífera. De forma coordenada e segura, as aeronaves e os navios aproximaram-se das embarcações e plataformas com objetivo de obter informações sobre a ocorrência de algum ilícito.

blank
Oficial do NAM “Atlântico” interroga navio durante
Patrulha Naval na Bacia de Campos

Nenhuma infração ou conduta ilícita foi informada, confirmando, assim, que a presença da Marinha tem contribuído para dissuadir e desencorajar práticas que infrinjam as leis e regulamentos na Amazônia Azul.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).