Helicóptero da Marinha atua na Operação “Búfalo II”

A Operação “Búfalo II”, deflagrada no dia 11 de dezembro, reúne a Marinha, o Exército, a Polícia Federal e o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) em ações de combate a crimes ambientais na Amazônia. A primeira ação foi o desmantelamento de nove madeireiras irregulares localizadas na região de Cachoeira do Piriá, no interior do Pará. A Marinha participou da operação por meio de Aeronave do 1° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte (EsqdHU-41), organização militar subordinada ao Comando do 4° Distrito Naval, que transportou militares do Exército e da Polícia Federal para área de localização das madeireiras ilegais.

A missão está no contexto da Operação “Verde Brasil II”, sob coordenação do Comando Conjunto Norte, constituído pelo Comando do 4° Distrito Naval, Comando Militar do Norte e ALA 9. Militares das Forças Armadas atuam, há mais de 7 meses, em cumprimento ao decreto de n° 10.341, de 10 maio de 2020, prorrogado pelo decreto de n° 10.539, de 4 novembro de 2020, do Presidente da República, que autoriza o emprego das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem, contra crimes ambientais e incidentes ambientais na Amazônia legal.

blank
A Operação “Búfalo II” desmantelou nove madeireiras
ilegais no interior do Pará

Fonte: Marinha do Brasil

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui