Militares da Marinha atuarão nas atividades de GVA das eleições 2022 em diferentes cidades do país

Em atendimento à solicitação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e conforme autorizado pelo Presidente da República, a Marinha mobilizou 3.156 Fuzileiros Navais para atuar nas operações de Garantia da Votação e Apuração (GVA) e no apoio logístico às Eleições 2022.

Em 23 de setembro, na Ilha do Governador, foram prontificados e inspecionados os militares e os equipamentos que participarão das operações de apoio às Eleições 2022. Na ocasião, além dos Fuzileiros Navais, foram apresentados 10 Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf), 10 Viaturas Blindadas Sobre Rodas 8×8 PIRANHA IIIC, 6 Viaturas Blindadas Sobre Lagarta M113 MB1, 25 Caminhões 5 Ton, 45 Viaturas leves e 16 motocicletas, que foram mobilizados para a operação.

Tradicionalmente, a Justiça Eleitoral conta com as Forças Armadas no apoio logístico para transporte de material, de urnas e de pessoas a locais de difícil acesso, bem como no apoio à segurança e na manutenção da ordem pública em áreas específicas, durante as eleições. O emprego de tropas nessas situações ocorre sempre após solicitação formal do TSE e autorização presidencial.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Este ano, conforme solicitado pelo TSE, o Decreto nº 11.172 de 11 de agosto de 2022, publicado no Diário Oficial da União – DOU no dia 12 de agosto de 2022, autorizou o emprego das Forças Armadas em ações de logística e de segurança voltadas à Garantia da Votação e Apuração (GVA) das Eleições de 2022.

 

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).