Ontem, 28 de dezembro, a Marinha Mercante Brasileira celebrou mais um ano de sua criação, destacando-se como um pilar fundamental do poder marítimo nacional. Com a Amazônia Azul abarcando mais de 5,7 milhões de km² e sendo rota de 95% do comércio exterior do Brasil, a Marinha Mercante é essencial não só para a economia, mas também para a segurança nacional.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Impacto Durante a Pandemia de COVID-19

Durante o Estado de Emergência Sanitária provocado pela pandemia da COVID-19, a Marinha Mercante desempenhou um papel crítico na manutenção da economia brasileira. A continuidade das operações de transporte marítimo foi crucial para o país, demonstrando a resiliência e a importância deste setor.

Formação na EFOMM

Na EFOMM são formados Oficiais em duas opções de curso: o de Náutica e o de Máquinas – Imagem: Marinha do Brasil

A Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM) é reconhecida como uma “Universidade do Mar”, formando oficiais altamente qualificados não só para o Brasil, mas também para jovens de outros países através de programas de intercâmbio. A EFOMM oferece cursos de Náutica e Máquinas, combinando ensino acadêmico rigoroso com treinamento militar-naval e atividades extraclasse.

Celebração do Dia da Marinha Mercante

O Dia da Marinha Mercante é comemorado no aniversário de seu patrono, Irineu Evangelista de Souza, o Visconde de Mauá, reconhecendo sua contribuição histórica e a importância contínua do setor marítimo para o Brasil.

Contribuições de Graduados Notáveis

Guarda-Marinha (RM2) Arthur Schmitt Stinghen, primeiro colocado no curso da EFOMM em 2023 – Imagem: acervo pessoal

Histórias de graduados notáveis da EFOMM, como o Guarda-Marinha Arthur Schmitt Stinghen e os Capitães de Longo Curso Allan Moreira e Sérgio de Moura, destacam o compromisso e a paixão pela profissão. Eles exemplificam a dedicação e a resiliência necessárias para enfrentar os desafios da vida no mar.

Mulheres no Comando

Comandante Allan Moreira (de laranja, à direita) acompanhando a visita de alunos da EFOMM, a bordo do navio Login Pantanal – Imagem: Acervo pessoal

A presença de mulheres como a Capitão de Longo Curso Daisy Lima da Silva Souza no comando de navios mercantes ilustra a evolução e a diversidade dentro da Marinha Mercante. Seu trabalho no Aliança Leblon destaca a importância do transporte marítimo na redução da pegada de carbono e na eficiência logística.

Componente Vital

A Marinha Mercante Brasileira é um componente vital da infraestrutura nacional e internacional, garantindo o transporte eficiente de mercadorias e a segurança marítima. A celebração de seu dia é um reconhecimento merecido do seu papel indispensável no desenvolvimento econômico e sustentável do Brasil.

Marcelo Barros, com informações da Agência Marinha
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).