Ficam atracados em Santos o navio aeródromo Atlântico (foto) e as três fragatas classe Niterói ‘Defensora’, ‘Liberal’ e ‘Independência’

Para abrilhantar ainda mais o aniversário de 477 anos da Cidade, celebrado em 26 de janeiro, quatro navios da Marinha do Brasil atracarão no Porto de Santos. As embarcações ficarão abertas ao público para visitação gratuita no domingo (29), das 9h às 17h, quando os visitantes poderão doar alimentos não perecíveis para instituições assistenciais.

Os navios chegam à Cidade na tarde desta sexta-feira (27) e ficam na região até a manhã de segunda (30), quando retornam à capital fluminense. A visitação ocorrerá através do cais da Marinha (sede da Capitania dos Portos de São Paulo), entre os Armazéns 27 e 29, próximo ao Terminal de Passageiros Concais, no bairro Macuco.

A esquadra é formada pelo navio-aeródromo multipropósito ‘Atlântico’ e as três fragatas classe Niterói ‘Defensora’, ‘Liberal’ e ‘Independência’. As embarcações fazem parte da Operação Aspirantex/2023, que realiza diversos exercícios de caráter militar, treinamento das tripulações e a familiarização dos aspirantes da Escola Naval com a vida no mar e as tradições marinheiras.

A atração oferece aos moradores e turistas da região a oportunidade de conhecer a fundo os meios operativos da Marinha do Brasil, estimulando a consciência em relação à importância do oceano e à preservação das tradições navais.

AÇÃO SOLIDÁRIA

Ação também terá caráter solidário, arrecadando alimentos não perecíveis durante a visitação, no dia 29, para entidades assistenciais. Os visitantes poderão entregar os donativos nos diversos pontos de coleta instalados no Cais da Marinha, no mesmo horário da visita, das 9h às 17h.

Fonte: Prefeitura de Santos

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui