Comandante do 4º Distrito Naval e representante da Funasa Pará durante assinatura dos Termos de Execução Descentralizada

A Marinha, por meio do Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN), realizou, em dezembro, a assinatura de dois Termos de Execução Descentralizada (TED) com o Fundo Nacional de Saúde (FNS), visando à aquisição de um navio de assistência hospitalar e à compra de equipamentos médicos e ambulatoriais. A conquista vai beneficiar famílias ribeirinhas da região norte do País, que vivem em comunidades carentes e na sua grande maioria isoladas da assistência regular de saúde e saneamento básico.

Na ocasião, também ocorreu a assinatura do contrato com o Estaleiro Bibi Eireli, empresa vencedora da licitação para a construção do navio. A entrega do meio está prevista para agosto de 2022.

O Com4ºDN possui o Navio-Auxiliar “Pará”, adaptado com estrutura básica para atendimento à saúde. Com a nova aquisição, o Comando terá um navio especializado, possibilitando o aumento de Ações Cívico-Sociais (Aciso) em comunidades ribeirinhas e indígenas no País. Nas Aciso são ofertados atendimentos médicos, odontológicos e exames laboratoriais e de imagens, realizados por militares da área da saúde. Em proveito das ações, ainda são estabelecidas parcerias com órgãos públicos para levar serviços que contribuam para promoção da cidadania.

Fonte: Marinha do Brasil

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui