Representantes das Autoridades Marítimas das Américas reunidos em videoconferência

Nos dias 9, 10, e 27 de novembro, foi realizada, por videoconferência, a XX Reunião Ordinária da Rede Operativa de Cooperação Regional de Autoridades Marítimas das Américas (ROCRAM). As sessões foram presididas pelo Secretário-Geral da ROCRAM, Vice-Almirante José Luis Velásquez Ortiz, da Marinha Boliviana, e contou com as participações dos Estados-Membros da Rede, e do representante da Organização Marítima Internacional (IMO) para a América Latina, Carlos Salgado. A Diretoria de Portos e Costas, representante da Autoridade Marítima Brasileira para o trato de assuntos atinentes à ROCRAM, participou da Reunião, sediada na Bolívia, por videoconferência.

A DPC apresentou um documento no qual destacou os eventos ocorridos durante o incidente de contaminação, por óleo pesado, do meio ambiente marinho na costa Nordeste do Brasil, no final de 2019. Concomitantemente, solicitou o apoio dos Estados-Membros da ROCRAM às ações do Governo brasileiro junto à IMO, em que serão apresentadas propostas de emendas às Convenções SOLAS, SAR, MARPOL e Intervention visando possibilitar, no futuro, a identificação de um determinado agente polidor ao litoral de qualquer país costeiro da ROCRAM.

Dentre os principais assuntos debatidos e deliberados durante a reunião da ROCRAM, que são do interesse da Autoridade Marítima Brasileira, destacam-se os seguintes: ações para mitigar a Pesca Ilegal, não Declarada, e não Regulamentada; desenvolvimento de uma “Estratégia Regional e de um Plano de Ação para a Gestão e Controle da Água de Lastro”; elaboração de uma “Estratégia Regional para a atuação das Autoridades Marítimas sobre um navio transportando carga ilícita”; aprovação do “Plano Regional de Limpeza de Praias”; e medidas para combater o lixo plástico marinho nos oceanos.

Ao término da reunião, foi realizada a transferência da Secretaria-Geral da ROCRAM da Autoridade Marítima da Bolívia para a Autoridade Marítima do Equador, a qual exercerá as funções de Secretário-Geral no biênio 2021/2022, tendo assumido Maria Verônica Alcivar Ortiz.

Fonte: CCSM

Marcelo Barros
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui