A Marinha do Brasil, em colaboração com a Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. (AMAZUL) e a Fundação Parque de Alta Tecnologia da Região de Iperó e Adjacências (Fundação PATRIA), participará de um importante Workshop na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Marcado para o dia 6 de dezembro, o evento “Prospecção de parcerias com a Marinha do Brasil” tem como objetivo apresentar projetos e fomentar parcerias no campo da Ciência, Tecnologia e Inovação.

A Unicamp como Centro de Excelência

Reconhecida como uma das melhores universidades do Brasil e da América Latina, a Unicamp é um centro estratégico para a colaboração em pesquisa e desenvolvimento tecnológico. Localizada em Campinas, uma região metropolitana de significativa importância, a universidade representa um polo vital de conhecimento e inovação.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Oportunidades de Cooperação e Desenvolvimento

O Workshop oferecerá aos participantes uma visão abrangente do Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação da Marinha e das áreas de interesse para cooperação em pesquisa. Além disso, projetos em andamento serão apresentados, proporcionando uma oportunidade única de discussão e networking entre pesquisadores, a AMAZUL, a Fundação PATRIA e a Marinha do Brasil.

Discussões e Temas Relacionados

Durante o evento, serão abordados temas relacionados à AMAZUL e à Fundação PATRIA, propiciando um ambiente rico para discussões sobre as atuais e futuras iniciativas em ciência e tecnologia. A participação da Marinha do Brasil enfatiza sua dedicação ao avanço tecnológico e à inovação no setor de defesa.

Impulso à Inovação e Pesquisa Colaborativa

A colaboração entre instituições de ensino, como a Unicamp, e organizações militares e de defesa, como a Marinha do Brasil, é fundamental para impulsionar a inovação e o desenvolvimento tecnológico. Esse tipo de parceria é crucial para o avanço da pesquisa científica aplicada e para o fortalecimento da segurança nacional.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).