Como parte da Operação “BraColPer 2023”, a Marinha do Brasil uniu-se à celebração do bicentenário da Armada Colombiana na última quinta-feira (20). O cenário escolhido para a comemoração foi a região de Letícia, cidade colombiana que fica próxima à tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru. Este ano, comemora-se os 200 anos da Batalha Naval do Lago de Maracaibo, uma vitória naval significativa que garantiu a independência da Colômbia.

Uma Série de Eventos Comemorativos

Os eventos comemorativos foram diversos, passando por uma missa na catedral da cidade até um desfile cívico-militar. Este contou com a participação de membros das Forças Armadas do Brasil e uma aposição floral diante do busto do Almirante Padilla, comandante das forças navais colombianas em Maracaibo.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Desfile Naval no Rio Marañon

No entanto, o ponto alto das comemorações foi sem dúvida o Desfile Naval no rio Marañon, o trecho colombiano do rio Solimões. Este contou com a participação do Navio-Patrulha Fluvial “Raposo Tavares”, do Navio-Patrulha Fluvial “Amapá” e do Navio de Assistência Hospitalar “Soares de Meirelles”, todos da Marinha do Brasil. Também estavam presentes o Navio ARC “Letícia”, da Armada da Colômbia, e o BAP “Castilla”, da Marinha de Guerra do Peru.

Abertura Oficial da Operação “BraColPer 2023”

imagem 2023 07 23 061720387
Cerimônia oficial de abertura da Operação BraColPer 2023 em Letícia (COL)

Além das comemorações do bicentenário, as delegações das Marinhas do Brasil, Colômbia e Peru participaram da abertura oficial da Operação “BraColPer 2023” na quarta-feira (19). Nessa ocasião, o Comandante do 9º Distrito Naval, Vice-Almirante Thadeu Marcos Orosco Coelho Lobo, ressaltou a importância da parceria entre as marinhas dos três países na proteção da região amazônica. Segundo ele, “o contexto amazônico vem ganhando complexidade e a nossa presença se faz cada vez mais necessária na região”.