Fase de apresentação das Forças de Operações Especiais

Sob coordenação do Comando Naval de Operações Especiais (CoNavOpEsp), desde 22 de novembro está ocorrendo, nas instalações do Centro de Instrução e Adestramento Almirante Átilla Monteiro Aché (CIAMA) e do Grupamento de Mergulhadores de Combate (GRUMEC), o Adestramento Conjunto Específico de Planejamento de Operações Especais.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

O Adestramento conta com a participação de Oficiais representantes das Forças de Operações Especiais da Marinha do Brasil (CoNavOpEsp, Batalhão de Operações Especiais de Fuzileiros Navais–BtlOpEspFuzNav e Grupamento de Mergulhadores de Combate), do Exército Brasileiro (Comando de Operações Especiais – COpEsp, 1º Batalhão de Forças Especiais – BFE, 1º Batalhão de Ações de Comandos – BAC e 3ª Companhia de Forças Especiais) e da Força Aérea Brasileira (Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento – EAS/PARA-SAR).

Ao longo desta semana, os Oficiais representantes participarão de uma fase de apresentação das Forças de Operações Especiais e de uma fase do desenvolvimento da primeira etapa do Planejamento Tático de uma Força Conjunta de Operações Especiais, no contexto de um problema militar simulado. Eles poderão nivelar seus conhecimentos por meio dos trabalhos de Estado-Maior utilizando o Processo de Planejamento Conjunto e realizar debates sobre organização, aspectos táticos, logísticos e de Comando e Controle desta Força Conjunta Componente quando ativada.

Promovida e supervisionada pelo Ministério da Defesa, a atividade, que segue até o dia 26 de novembro, faz parte de uma série de adestramentos voltados para o nivelamento e a padronização de procedimentos, assim como divulgação e assimilação de boas práticas e lições aprendidas entre as Forças Armadas, viabilizando e aprimorando o emprego conjunto e a interoperabilidade.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).