Cerimônia alusiva ao 252º Aniversário da Intendência da Marinha

No dia 4 de março, no Centro de Instrução e Adestramento Almirante Newton Braga (CIANB), ocorreu a cerimônia alusiva ao 252° aniversário da Intendência da Marinha. O evento foi presidido pelo Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, e contou com a presença do ex-Ministro da Marinha Almirante de Esquadra Mauro Cesar Rodrigues Pereira, do ex-Comandante da Marinha Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, de Ministros do Superior Tribunal Militar, membros do Almirantado, ex-Secretários-Gerais da Marinha e Almirantes Intendentes Veteranos.

O Oficial mais antigo do Corpo de Intendentes da Marinha na ativa, Vice-Almirante (IM) Wagner Corrêa dos Santos, em sua Ordem do Dia, relembrou a participação da Intendência da Marinha no processo de Independência do Brasil. O Secretário-Geral da Marinha, Almirante de Esquadra Marcelo Francisco Campos, em vídeo comemorativo, ressaltou a importância e a abrangência da Intendência da Marinha.

Durante o evento, foi realizada a outorga do Título de “Intendente Honorário” a militares da ativa e da reserva, além de autoridades e servidores civis, que dedicaram parcela considerável de suas atividades ou contribuíram de forma marcante para a consecução das tarefas atinentes à Intendência da Marinha. Na sequência, a Turma de Guardas-Marinha (IM) de 1970 da Escola Naval, representada pelos Contra-Almirantes (IM) Carlos Henrique Miranda e Luiz Antonio da Silva Lima, foi homenageada.

blank
Entrega da placa à Turma Homenageada

Após a cerimônia, o Comandante da Marinha ressaltou a vibração dos homens e mulheres que ostentam a “folha de acanto” em seus uniformes e com comprometimento e dedicação atuam nos mais variados setores. “É em parte, graças ao essencial e exemplar trabalho da nossa intendência que a Marinha pode dispor, a qualquer tempo, de meios navais, aeronavais e de fuzileiros navais permanentemente aprestados, prontos para o cumprimento da nobre missão de defender os direitos de todos os brasileiros na nossa Amazônia Azul, o mar que nos pertence” afirmou.

Marcelo Barros, com informações e imagens da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui