Google News

No dia 22 de setembro de 2021, os oficiais brasileiros que integram o Grupo de Assessores Técnicos Interamericanos na Colômbia (GATI-CO), Tenente-Coronel de Engenharia do Exército Brasileiro Cláudio Santos Bispo e Capitão-Tenente (FN) da Marinha do Brasil Gustavo Lopes da Silva Freitas, conduziram a cerimônia de certificação dos novos Monitores Nacionais de Desminagem Humanitária.

A solenidade ocorreu no auditório da Escola de Engenheiros Militares e os militares brasileiros seguiram todos os protocolos de segurança e prevenção da Covid-19. O evento contou com a presença do Vice-Diretor da Escola, autoridades do Comando Geral das Forças Militares e dos alunos.

blank

Os Assessores Interamericanos brasileiros capacitaram e certificaram quatro militares do Exército Nacional da Colômbia, após sete semanas. O curso contou com instruções e avaliações teóricas e práticas, exercícios simulados com eventos que vêm ocorrendo no país, participação em seminário com os principais atores envolvidos no programa de desminagem humanitária e visitas de instrução a instituições nacionais.

Os militares colombianos certificados pelos oficiais do GATI poderão exercer a função de Monitor Nacional, junto à Inspeção Geral do Comando Geral das Forças Militares. Com isso, poderão fiscalizar, assessorar e garantir o controle de qualidade em todas as etapas de uma operação de desminagem humanitária para a remoção de minas antipessoais e artefatos explosivos improvisados, de acordo com as exigências estabelecidas pela Organização dos Estados Americanos (OEA).

A Engenharia brasileira tem desempenhado um papel importante junto às Forças Militares colombianas. Além de prestar os assessoramentos técnicos em prol das ações de desminagem humanitária, tem contribuído para ampliar a capacidade operativa, a fim de garantir uma Colômbia totalmente livre dessa grave ameaça, ainda presente no país.

Fonte: GATI-CO