No coração do Rio de Janeiro, em uma cerimônia realizada no dia 29 de setembro, o Instituto Militar de Engenharia (IME) celebrou a conclusão dos cursos de pós-graduação de 156 profissionais. Dentre eles, 19 tornaram-se doutores, 65 mestres e 72 especialistas em áreas cruciais como Proteção de Sistemas Elétricos e Transporte Ferroviário. Um fato que merece destaque é que, desse total, 130 são civis, demonstrando o papel fundamental do IME não apenas para as forças armadas, mas para toda a sociedade brasileira.

Presenças Ilustres e Reconhecimento

article 7 1

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

A solenidade contou com a presença de figuras renomadas, sendo presidida pelo General de Brigada Juraci Ferreira Galdino, Comandante e Reitor do IME. Outros nomes de destaque, como o General de Divisão Veterano Edival Ponciano de Carvalho e o Professor Pró-reitor de Pós-graduação Paulo César Pellanda, também prestigiaram o evento. Em um momento emocionante, a Capitão Dayanna Rodrigues da Cunha Nunes, representando os formandos, proferiu palavras de gratidão e esperança em nome de sua turma.

Tradição e Excelência

Cumprindo rituais acadêmicos, o General Galdino certificou os especialistas e conferiu os títulos de mestre e doutor aos formandos. Além disso, diplomas de Honra ao Mérito foram entregues aos alunos que se destacaram em suas pesquisas e contribuições científicas. A cerimônia também foi marcada pelo descerramento das placas das turmas, uma tradição que eterniza a jornada dos alunos.

O Legado do IME

Com raízes que remontam a 1957, o IME iniciou sua trajetória na pós-graduação com o Curso de Especialização em Engenharia Nuclear. Ao longo dos anos, expandiu suas áreas de atuação, formando mais de 3.156 especialistas, mestres e doutores. Esses profissionais, hoje, desempenham papéis fundamentais em diversos segmentos da sociedade, reforçando o compromisso do Instituto com a formação de líderes e com o desenvolvimento do Brasil.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).