blank

Google News

No dia 29 de abril, o Instituto de Pesquisa da Capacitação Física do Exército (IPCFEx) realizou a cerimônia de comemoração dos 25 anos de sua criação como organização militar.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

O núcleo do então Instituto de Pesquisa da Capacitação Física (IPCF) foi estabelecido em 10 de dezembro de 1990, como uma estrutura do também recém-formado Centro de Capacitação Física do Exército e Fortaleza de São João (CCFEx/FSJ).

A organização militar IPCFEx foi criada por meio da Portaria nº 223, de 23 de abril de 1998, a contar de 31 de janeiro de 1997.

O IPCFEx, atualmente, tem por missão assessorar o CCFEx em todos os assuntos referentes a pesquisas e à doutrina na área da Capacitação Física de interesse da Força Terrestre, assegurando a execução dos projetos a serem desenvolvidos e realizando o controle dos resultados.

No pilar do apoio à operacionalidade – o Braço Forte – o IPCFEx notabiliza-se pela vanguarda da elaboração e desenvolvimento de parâmetros para um Teste Físico Operacional (TFO), voltado à certificação das Forças de Prontidão; realiza a avaliação da composição corporal e do desempenho físico dos militares selecionados para o CORE 22, exercício em conjunto com o Exército norte-americano; monitora a saúde do militar nas atividades de risco, na instrução militar e em operações; acompanha a evolução da aptidão física de cadetes e alunos, de ambos os gêneros, da Linha do Ensino Militar Bélico sob a influência do Treinamento Físico Militar; mensura a prevenção de lesões músculo-esqueléticas em estabelecimentos de ensino e centros de instrução; e busca compreender a neurociência na otimização do desempenho operacional, dentre outros projetos de impacto para a Força Terrestre.

Na vertente da saúde e qualidade de vida – a Mão Amiga – pode-se destacar pesquisas de efeito, no passado e no presente, como o projeto TAF 2001 – “Aptidão física e risco de doença cardíaca coronariana no Exército Brasileiro”, cuja amostra foi composta por mais de 56 mil militares; e o Projeto TAF 2018 – “Avaliação da aptidão física, perfil antropométrico e indicadores de saúde de militares do Exército Brasileiro”, que permitiu identificar o atual estado dos militares e executar a intervenção adequada; o estudo sobre o impacto da pandemia na saúde e no Treinamento Físico Militar; a avaliação do estado de saúde de militares mobilizados e desmobilizados em Missões de Paz de Caráter Individual, militares atletas de alto rendimento das equipes desportivas do Exército e a Família Militar, o que inclui, também, a verificação do risco de desenvolvimento de síndrome metabólica em oficias discentes da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) e da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO), bem como de praças da Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos das Armas (EASA) e de militares do segmento feminino; o desenvolvimento de técnicas modernas para o controle da composição corporal, a fim de evitar o sobrepeso e a obesidade na Força; a validação de métodos de treinamento do novo Manual de Treinamento Físico Militar; e, possivelmente, o alcance de relevante público de militares veteranos, em prol da qualidade de vida daqueles que nos serviram.

Participaram da cerimônia do Jubileu de Prata o Ministro de Estado da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, o General de Brigada Márcio de Souza Nunes Ribeiro, Assessor Especial Militar do Ministério da Defesa, o General de Brigada Luiz Alberto Cureau Júnior, Chefe do Centro de Capacitação Física do Exército, e o Coronel Rafael Soares Pinheiro da Cunha, Diretor do IPCFEx, além convidados, antigos Diretores e Pesquisadores do IPCFEx.

Vida longa ao IPCFEx e parabéns a todas as gerações de militares e civis pesquisadores que permitiram alcançar este momento histórico!

IPCFEx: Ciência para a saúde, a operacionalidade e o desporto militar.

 

Fonte: Instituto de Pesquisa da Capacitação Física do Exército