A recente conclusão do Curso de Pilotos de Aeronaves (CPA 23/24) marca um capítulo inovador na história da Aviação do Exército Brasileiro. No coração dessa evolução, está a adoção de técnicas avançadas de voo utilizando Óculos de Visão Noturna (OVN), uma ferramenta que não apenas expande as capacidades operacionais da aviação militar brasileira mas também a coloca em um patamar de distinção em relação às forças armadas ao redor do mundo. A campanha, que teve início em fevereiro de 2024, é uma demonstração vívida do comprometimento do Brasil com a vanguarda da tecnologia militar, assegurando que sua aviação permaneça na linha de frente do combate moderno.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Sinergia e Sucesso: A Base do Estágio Prático

A eficácia do Estágio Prático de Pilotagem com Óculos de Visão Noturna, concluído na noite de 14 de março de 2024, repousa sobre uma base sólida de colaboração e dedicação. Instrutores, alunos e a equipe da Esquadrilha de Helicópteros de Instrução (EHI) uniram forças em uma sinergia de esforços que resultou no sucesso absoluto da missão. Este estágio não se tratou apenas de aprender a manobrar aeronaves sob a escuridão da noite; foi sobre superar os desafios inerentes a um voo que é por natureza mais arriscado, demandando uma precisão e comprometimento impecáveis. A realização de todas as missões com qualidade e segurança sublinha o alto padrão de excelência que o Exército Brasileiro exige e cultiva.

Expansão do Poder de Combate

O aprendizado e a aplicação de técnicas de voo com OVN são cruciais para a expansão do poder de combate da Aviação do Exército. A capacidade de operar efetivamente durante a noite não apenas multiplica as possibilidades táticas e estratégicas mas também representa uma vantagem significativa no teatro de operações militares. A introdução dessas habilidades avançadas aos pilotos do Exército Brasileiro assegura que a nação mantenha uma posição de liderança e prontidão em qualquer cenário de combate, reforçando a sua capacidade de proteção e defesa.

“PER AUDACTIAM AD PROTECTIONEM”: Mais do Que um Lema

O lema “PER AUDACTIAM AD PROTECTIONEM”, que se traduz por “Pela Audácia até a Proteção”, encapsula a essência da jornada empreendida pelo curso CPA 23/24. Esta frase não é apenas um slogan; é um manifesto da coragem, da inovação e do compromisso indomável que caracteriza os pilotos da Aviação do Exército Brasileiro. Ao adotar as tecnologias de visão noturna e integrá-las à formação de seus pilotos, o Brasil não apenas fortalece suas capacidades defensivas mas também envia uma mensagem clara: a segurança nacional e a proteção do território estão nas mãos de profissionais preparados para enfrentar e superar os desafios do futuro.