Entre os dias 6 e 10 de novembro, a capital sueca, Estocolmo, foi palco da 4ª Semana de Inovação Brasil-Suécia, um evento que simboliza e fortalece a cooperação entre os dois países na área de ciência e tecnologia, com foco especial na aeronáutica. A Força Aérea Brasileira (FAB) marcou presença significativa, representada por diversas divisões, incluindo o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) e o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).

Diálogo Estratégico e Cooperação

jpeg

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

O evento, organizado pela Embaixada do Brasil na Suécia e pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), destacou a importância da parceria estratégica Brasil-Suécia na área aeronáutica. O Tenente-Brigadeiro do Ar Maurício Augusto Silveira de Medeiros, Diretor do DCTA, representou o Comandante da Aeronáutica na cerimônia de abertura e participou ativamente das discussões, enfatizando o papel crucial da cooperação bilateral no avanço tecnológico e na inovação.

Integração de Governo, Academia e Indústria

A Semana de Inovação Brasil-Suécia é um exemplo clássico do modelo de tríplice hélice de inovação, onde governo, academia e indústria colaboram para o desenvolvimento tecnológico. O Instituto de Tecnologia de Aeronáutica (ITA) do Brasil desempenha um papel central, liderando a maioria dos projetos e fomentando a inovação no setor aeroespacial.

Foco em Inteligência Artificial e Automação

Sue

O evento não se limitou apenas à aeronáutica, mas também abordou temas emergentes como inteligência artificial e automação. Essas discussões são fundamentais para o desenvolvimento de tecnologias avançadas e para manter ambos os países na vanguarda da inovação tecnológica.

Fortalecimento de Parcerias e Planos Futuros

A 4ª Semana de Inovação Brasil-Suécia culminou com a definição de um plano de ação para garantir a continuidade e o aprofundamento da parceria entre os dois países. Este plano visa não apenas manter, mas também expandir os projetos conjuntos, promovendo um intercâmbio ainda maior de conhecimento e experiência em áreas estratégicas.

A cooperação Brasil-Suécia, reforçada pela 4ª Semana de Inovação, é um marco no desenvolvimento de tecnologias aeroespaciais e na integração de esforços entre governo, academia e indústria. Este evento semestral, iniciado em 2017, continua a ser uma plataforma vital para a troca de ideias, a demonstração de cooperação bem-sucedida e a exploração de novas oportunidades de trabalho conjunto, pavimentando o caminho para futuras inovações no setor aeroespacial.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).