Comitiva da ONR durante visita ao CTMRJ

A comitiva da Agência Norte-Americana Office of Naval Research (ONR) conheceu, no período de 27 a 30 de junho, as instalações e as atividades de Instituições de Ciência e Tecnologia da Marinha no Rio de Janeiro (ICT-MB). O Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro (CTMRJ), subordinado à Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha (DGDNTM), o Instituto de Pesquisas da Marinha (IPqM), o Instituto de Estudos do Mar “Almirante Paulo Moreira” (IEAPM) e o Centro de Hidrografia da Marinha foram algumas das organizações militares visitadas.

A visita, intitulada como “Maritime Technical Exchange Meeting (MTEM)”, é derivada do Acordo referente à Research, Development, Technology and Evolution (RDT&E), que possibilita aos países envolvidos o desenvolvimento de futuros projetos conjuntos alinhados com o mútuo interesse das partes, abrangendo a possibilidade de aperfeiçoar ou prover novas capacidades militares. Este acordo poderá ampliar o acesso da Base Industrial de Defesa ao mercado norte-americano, bem como a formalização de outros negócios no setor de defesa, reduzindo processos burocráticos no comércio de produtos do segmento entre Brasil e Estados Unidos.

No CTMRJ, a comitiva foi recepcionada pelo Assessor-Chefe de CT&I da DGDNTM, Vice-Almirante Alfredo Martins Muradas, que apresentou as boas-vindas em nome do Diretor-Geral aos participantes e destacou que a ratificação do acordo RDTE representa uma excelente oportunidade de iniciar um novo ciclo para uma condução conjunta de desenvolvimento tecnológico. O Diretor do Centro, Contra-Almirante (EN) Alexandre de Vasconcelos Siciliano, proferiu uma palestra apresentando a estrutura interna do CTMRJ e das ICT-MB subordinadas, enfatizando a importância da interação entre a Marinha do Brasil e a USNavy. “A realização do MTEM é uma continuação das tratativas realizadas nos últimos anos. É também mais um passo para concretizar o Acordo RDT&E, que visa buscar soluções que sejam de interesse à defesa de nossos países e, consequentemente, das nossas Marinhas”.

blank
Vice-Almirante Muradas durante a recepção à Comitiva, no auditório do CTMRJ

A Comitiva visitou também o IEAPM, localizado em Arraial do Cabo (RJ). A Diretora do Instituto, Dra. Eliane Gonzalez Rodriguez, apresentou a organização, abordando as principais pesquisas em andamento, os Programas de Pós-Graduação e o funcionamento dos Laboratórios integrantes do Departamento de Biotecnologia Marinha recém-inaugurados.

A ONR é responsável por coordenar, executar e promover os programas de Ciência e Tecnologia da Marinha e do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos. Dentre as missões da U.S. Office of Naval Research estão a construção de relações com a comunidade científica de diversos países e a identificação de novas tecnologias para apoiar a estrutura de pesquisa e desenvolvimento naval do órgão.

O CTMRJ, por sua vez, se destaca sendo referência em Pesquisa e Desenvolvimento de Projetos, Serviços e Tecnologias, tendo como propósito gerenciar os respectivos processos no âmbito do Setor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Marinha do Brasil. Também cabe ao Centro prestar orientação técnica em suas áreas de conhecimento, às ICT-MB subordinadas, consoante à Estratégia Nacional de Defesa, à Estratégia de CT&I da Marinha e às políticas que lhes conferem sustentação, contribuindo para a independência tecnológica do País e para o desenvolvimento da Base Industrial de Defesa.

Marcelo Barros, com informações e imagens da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui