blank

Os Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro/RJ, completam 15 anos de sua cerimônia de abertura neste dia 13 de julho. A data marca a primeira experiência dos órgãos de Inteligência brasileiros em grandes eventos e relembra o início de uma era de atuação em alto nível internacional para a ABIN e seus órgãos parceiros.

Responsável pela coordenação de toda a área de Inteligência, a Agência inaugurou, no Pan 2007, o modelo de atuação em grandes eventos caracterizado pela instalação de centros de Inteligência. A iniciativa foi reproduzida durante a Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas Rio 2016. As estruturas agregavam profissionais, informações e equipamentos para dar dinamismo e eficiência às ações.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

O Centro de Inteligência dos Jogos Pan-Americanos (CIJ), estabelecido no Rio de Janeiro, foi integrado por representantes de 25 órgãos públicos. A missão foi produzir conhecimentos de Inteligência para garantir a segurança do evento e das delegações esportivas.

Sob a coordenação da ABIN, o CIJ possibilitou o intercâmbio de informações e a tomada de decisão conjunta entre os órgãos das áreas de segurança e Inteligência.

 

Preparação

O modelo de atuação nasceu de experiências da ABIN como órgão observador em grandes eventos esportivos no exterior.

A participação de servidores da ABIN em cursos de formação e em eventos em outros países permitiu a capacitação dos quadros de pessoal da Agência. O resultado foi uma gestão da Inteligência de nível internacional em eventos de grande porte e o desenvolvimento de metodologia e processos de trabalho específicos.

Ainda na preparação da Inteligência para o Pan 2007, foram realizados diversos eventos-teste. A mobilização simulada do CIJ permitiu avaliar a capacidade de articulação, comunicação e resposta dos órgãos a situações de crise. O planejamento contemplou análise de múltiplos cenários e de ameaças, com o objetivo de antecipar situações de emergência e antever soluções e protocolos a serem implementados em cada cenário crítico.

blank

Grandes eventos e legado

O sucesso da experiência da ABIN no Pan 2007 consolidou o modelo de atuação em centros de Inteligência, que voltou a ser utilizado nos grandes eventos subsequentes: Conferência Rio+20, Copa das Confederações 2013, Jornada Mundial da Juventude 2013, Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas Rio 2016.

blank

O Pan 2007, assim como os demais grandes eventos, permitiu à ABIN acúmulo de experiência na gestão de segurança de grandes eventos e na coordenação de centros de Inteligência.

Com os trabalhos realizados junto a outros órgãos de Inteligência e de segurança, aprofundaram-se os laços de cooperação e a integração entre os membros do Sistema Brasileiro de Inteligência (SISBIN) e demais instituições parceiras, marcando o início de um período de fortalecimento da comunidade de Inteligência brasileira.

O Pan 2007, assim como todos os demais grandes eventos que vieram na sequência, foram realizados sem nenhuma intercorrência ou problema de segurança significativo. O Brasil, e sua Inteligência, passaram com sucesso por seu período de maior exposição internacional.

Fonte: ABIN