blank

No período de 7 a 14 de novembro, o 29º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado, “Grupo Humaitá”, participou da “Operação Meridiano – Ibagé”, que constituiu uma ação de defesa externa envolvendo, inclusive, os Exércitos Argentino e Uruguaio. Foi um exercício conjunto coordenado pelo Ministério da Defesa e contou com mais de cinco mil militares das Forças Armadas do Exército Brasileiro, da Marinha e da Aeronáutica.

A atividade foi realizada no Campo de Instrução Barão de São Borja, em Rosário do Sul, dentre outras localidades, abrangendo uma área total de 30 mil quilômetros quadrados na parte centro-sul do Rio Grande do Sul e teve a participação da 3ª, 5ª e 6ª Divisões de Exército.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

O Grupo Humaitá participou da operação tendo desdobrado o seu posto de comando (PC) em duas localidades distintas. A primeira foi na área rural de São Pedro do Sul, desdobrando o PC do grupo numa área sedida pela prefeitura; e a segunda, foi na região de Ibaré, próximo a Bagé, desdobrando os meios da unidade numa área particular. Inserido num contexto operacional, como grupo orgânico da Artilharia Divisionária da 3ª Divisão de Exército (AD/3), com a finalidade de prestar o apoio de fogo à manobra da 3ª Divisão de Exército.

A operação, além de adestrar os meios do PC do Grupo Humaitá, serviu para estreitar os laços com a população local. O 29º GAC AP agradece o grande apoio da Prefeita do Município de São Pedro do Sul, Ziania Maria Bolzan, e do Sr João Carlos Souza Severo, de Ibaré, pelo empréstimo das áreas para o prosseguimento das missões da Operação Meridiano – Ibagé. Todas as medidas de prevenção ao covid-19 foram observadas durante a atividade.

Fonte: 29° GAC AP