Na última sexta-feira, dia 2 de junho, a Escola Superior de Guerra (ESG) recebeu a visita do Diretor do Centro de Doutrina e Ensino do Exército Francês, General de Divisão Pierre-Joseph Givre. O General Givre e os oficiais da comitiva francesa participaram de um encontro importante com as lideranças da ESG, marcando mais uma interação internacional da escola.

Mesa redonda sobre a guerra do futuro

O ponto alto da visita foi a mesa redonda que contou com a participação do Comandante da ESG, Vice-Almirante Gilberto Santos Kerr, o Subcomandante, General de Brigada Himario Brandão Trinas, e outros oficiais-generais da Escola. O tema central da discussão foi “A visão francesa sobre a guerra do futuro”. Este debate destacou a importância de acompanhar as evoluções tecnológicas e geopolíticas que moldam o cenário de conflitos mundiais.

Importância da cooperação internacional

A visita do General Givre reafirma a importância da cooperação internacional no campo militar e doutrinário. Trocas de experiências e visões como essas enriquecem o ensino e a prática militares, preparando nossas forças para os desafios futuros. Além disso, fortalecem laços entre nações aliadas, estreitando o caminho para colaborações futuras.

O papel da Escola Superior de Guerra

A ESG tem como objetivo preparar líderes militares e civis para tomar decisões estratégicas no âmbito da defesa nacional. Estas visitas internacionais e discussões acerca de temas contemporâneos, como a guerra do futuro, estão alinhadas com o papel da ESG de promover o pensamento estratégico e crítico em seus alunos e corpo docente.

Marcelo Barros, com informações do Ministério da Defesa
Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).