blank
Tripulante na aeronave UH-12, momentos antes da remoção para o Hospital Naval Marcílio Dias

Google News

A Fragata “Liberal” (F43) foi acionada, no período entre 19 e 22 de março, para realizar a evacuação de um tripulante acidentado no Navio Hidroceanográfico “Cruzeiro do Sul”, que se encontrava a cerca de 600 milhas náuticas, aproximadamente 1.100 quilômetros, a sudeste do litoral do Rio de Janeiro (RJ). Mesmo sob condições meteorológicas adversas, a operação foi bem-sucedida.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

Inicialmente, o acidentado foi transferido para bordo da Fragata “Liberal”, por meio de lancha. Após análise da equipe médica embarcada, ocorreu a remoção do militar, em estado estável, por aeronave UH-12 do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, para o Hospital Naval Marcílio Dias para que ele pudesse receber atendimento especializado.

A atuação da Marinha do Brasil em eventos dessa natureza ressalta o aprestamento e a prontidão dos meios envolvidos, que mesmo atuando sob condições climáticas desfavoráveis, obtiveram êxito em concluir a operação em um curto espaço de tempo.