No coração da Amazônia, em Marabá (PA), o 52º Batalhão de Infantaria de Selva (52º BIS) teve a honra de receber o General de Exército Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, o atual Comandante de Operações Terrestres. A visita, que ocorreu no dia 27 de setembro, teve como objetivo principal demonstrar a coesão, prontidão e operacionalidade das tropas na região. O General Theophilo foi calorosamente recebido pelo General de Brigada Eduardo da Veiga Cabral, que comanda a 23ª Brigada de Infantaria de Selva.

Demonstração de habilidades militares

Snapinsta.app 385031777 329240886535334 4847329945671977856 n 1080

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

As atividades começaram com uma impressionante demonstração de assalto ribeirinho nas proximidades da Seção Fluvial do 52° BIS. Esta operação, que envolveu a rápida e eficiente abordagem a um ponto estratégico, mostrou a destreza e treinamento das tropas em ações fluviais. Em seguida, uma escolta fluvial foi realizada, navegando pelos rios Itacaiúnas e Tocantins, destacando a capacidade de movimentação e proteção das forças armadas na região.

Honras militares e formatura geral

Snapinsta.app 385056148 329240896535333 7014665424947475837 n 1080

Ao chegar ao quartel do 52° BIS, o General Theophilo foi saudado pela guarda do quartel e, em um momento de grande simbolismo, foi prestada uma homenagem com tiros de salva pela 2° Companhia de Fuzileiros de Selva. Para encerrar a visita, uma formatura geral foi realizada, reunindo integrantes da 23ª Bda Inf Sl de diversas guarnições, incluindo Marabá, Altamira, Imperatriz e Tucuruí, além do Hospital de Guarnição de Marabá.

Presença de autoridades e fortalecimento das Forças Armadas

Snapinsta.app 385360534 329240849868671 3905330371442804377 n 1080

A visita do General Theophilo não foi apenas um evento isolado. Ele foi acompanhado por outras autoridades militares de destaque, como o General de Exército Luciano Guilherme Cabral Pinheiro, Comandante Militar do Norte. Esta união de lideranças reforça o compromisso das Forças Armadas em garantir a segurança, a soberania e o desenvolvimento da região da Transamazônica, uma área de vital importância para o Brasil.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).