As Forças Armadas estão com vagas abertas para ingresso na carreira militar. As oportunidades, oferecidas pela Marinha e pela Aeronáutica, foram publicadas mediante editais dos concursos, para vagas de praças em ambas as Forças. Ao todo, são 671 vagas para a Força Naval, com inscrições disponíveis de 30 de janeiro a 12 de fevereiro. Na Força Aérea, as inscrições ocorrem até o dia 1º de fevereiro (número de vagas não divulgado).

Marinha – Para o concurso das Escolas de Aprendizes Marinheiros, os interessados devem atender aos seguintes requisitos: serem brasileiros natos ou naturalizados, com 18 anos completos e menos de 22, ensino médio concluído ou em fase de conclusão, idoneidade moral e bons antecedentes de conduta.

As vagas estão disponíveis para ambos os sexos, desde que estejam em dia com as obrigações civis e militares. Os candidatos podem, no ato da inscrição no site da Força (acesse aqui), selecionar a escola na localidade de sua preferência: Florianópolis (SC), Fortaleza (CE) ou Vila Velha (ES).

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Aeronáutica – No processo seletivo da Aeronáutica, também para homens e mulheres, os candidatos devem ter entre 18 e 40 anos de idade, além de nível fundamental de escolaridade para prestação de serviço militar voluntário, em caráter temporário. As especialidades abrangem os ofícios de cozinheiro, borracheiro, carpinteiro, mecânico, motorista, pintor, serralheiro, pedreiro e eletricista.

As vagas estão distribuídas em todas as regiões brasileiras. Para realizar a inscrição, os candidatos devem acessar o site da Força Aérea Brasileira (acesse aqui), na página da Diretoria de Administração do Pessoal.

Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).