Manaus (AM) – No período de 2 a 5 de junho, a Força-Tarefa Afonsos, com base no 25º Batalhão de Infantaria Pára-quedista, participou do Estágio de Adaptação à Vida na Selva, ministrado pelo 1º Batalhão de Infantaria de Selva Aeromóvel.

O Estágio teve por objetivo proporcionar aos militares da Força-Tarefa Afonsos os conhecimentos básicos para atuar no ambiente operacional amazônico e desenvolver hábitos adequados à sobrevivência na selva.

A Força-Tarefa Afonsos participou de instruções de técnicas de embarcação, marcha através selva, transposição de curso d’água no Rio Negro, construção de abrigos, obtenção de água e fogo, de alimentos de origem vegetal e animal, sobrevivência, dentre outras.

O coroamento do estágio se deu com a realização de uma formatura presidida pelo Comandante Militar da Amazônia, General de Exército Furlan, e contou com a presença do Chefe do Centro de Coordenação e Operações do Comando Militar da Amazônia, General de Brigada Plácido; do Comandante da Brigada de Infantaria Pára-quedista, General de Brigada Fructuoso, e do Comandante do 1º Batalhão de Infantaria de Selva, Coronel Nilton.

Fonte: 25º Batalhão de Infantaria Pára-quedista

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui