Soamarinos assistem à palestra sobre a atuação e perspectivas da EMGEPRON

Em 19 de abril, um grupo de militares e membros da Sociedade Amigos da Marinha (SOAMAR) do Comando do 5º Distrito Naval (Com5ºDN) teve a oportunidade única de visitar o Estaleiro Brasil Sul em Itajaí, SC, uma instalação pertencente à Thyssenkrupp e peça chave na construção naval sul-americana. O evento proporcionou aos participantes uma visão detalhada do Programa de Construção das Fragatas Classe “Tamandaré”, um projeto vital para a renovação da esquadra brasileira e a modernização de suas capacidades de defesa.

Palestra da EMGEPRON em Florianópolis

Após a visita ao estaleiro, a comitiva participou de uma palestra enriquecedora no Iate Clube de Santa Catarina Veleiros da Ilha, em Florianópolis, proferida pelo Vice-Almirante (IM) Edésio Teixeira Lima Júnior, presidente da Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON). A discussão abordou temas cruciais como a estratégia naval, a consolidação da Base Industrial de Defesa e o incentivo à Economia Azul, ressaltando a importância da indústria naval no contexto de segurança nacional e desenvolvimento sustentável.

A Importância do Programa Fragatas Classe “Tamandaré”

O foco da visita e das discussões girou em torno do Programa Fragatas Classe “Tamandaré”, que prevê a construção de quatro navios-escoltas modernos para a Marinha do Brasil. Este programa não só amplia a capacidade operacional da Marinha, como também impulsiona a indústria naval brasileira através de tecnologias avançadas e práticas sustentáveis.

Presença de Autoridades e Especialistas

blank
Visita ao Estaleiro Brasil Sul, pertencente à Thyssenkrupp

O evento contou com a presença de várias autoridades navais, incluindo o Capitão dos Portos de Santa Catarina, Capitão de Mar e Guerra Rodrigo de Araujo Cid Santa Rita, e o Capitão dos Portos de Porto Alegre, Capitão de Mar e Guerra Rodrigo da Silva Tavares, além de outros membros influentes da comunidade marítima e naval. Essa interação entre líderes militares e civis destaca a colaboração contínua entre a Marinha e a sociedade civil na promoção de uma mentalidade marítima mais forte e no desenvolvimento de uma defesa costeira robusta.

Conclusão: Fortalecendo a Marinha e o País

Através de iniciativas como a visita ao Estaleiro Brasil Sul e as palestras da EMGEPRON, a Marinha do Brasil e a SOAMAR não apenas fortalecem a consciência sobre a importância estratégica da força naval, mas também pavimentam o caminho para futuros desenvolvimentos que garantirão a segurança e o progresso do país no cenário global.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).