SAAB

A Força Aérea Brasileira (FAB) celebrou a chegada de um novo caça F-39 Gripen, de matrícula FAB 4107, na Base Aérea de Anápolis (BAAN) na manhã desta sexta-feira, 15. O avião, um dos mais modernos caças em operação, é fabricado pela empresa sueca Saab e representa um avanço significativo nas capacidades de defesa aérea do Brasil.

Chegada e Preparativos para o Voo

Gripen 4107
SAAB

Após chegar ao Brasil no dia 11 de dezembro pelo Porto de Navegantes, Santa Catarina, a aeronave passou por uma série de preparativos no Aeroporto de Navegantes. Durante esta fase, componentes essenciais do caça, como o assento ejetável, foram montados e testados para garantir a prontidão do avião para o voo.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Viagem Inaugural e Pilotos da FAB

O F-39 Gripen decolou de Navegantes às 10h30, sob o comando do Tenente Coronel Aviador Abdon de Rezende Vasconcelos, piloto de ensaio do Instituto de Pesquisa e Ensaios em Voo (IPEV) da FAB. A viagem até a Base Aérea de Anápolis teve a duração de 1h30, marcando um momento importante na integração da aeronave na frota aérea brasileira.

Expansão da Frota de Gripen na FAB

Com a chegada do F-39 Gripen FAB 4107, o 1º Grupo de Defesa Aérea, responsável pela operação dos caças Gripen na Base Aérea de Anápolis, passa a contar com sete aeronaves desse modelo. Além disso, a aeronave de testes 4100, que chegou ao Brasil em 2020, realiza ensaios a partir do Centro de Ensaios em Voo do Gripen na Embraer, em Gavião Peixoto (SP), contribuindo para o desenvolvimento contínuo das capacidades operacionais da FAB.

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).