No período de 9 a 19 de março, a 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, seguindo orientação da 5ª Divisão de Exército, realizou a primeira operação Ágata – Fronteira Sul do corrente ano, em coordenação com os órgãos de segurança pública e de fiscalização federais, estaduais e municipais. A operação faz parte do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras, que estabelece em seus objetivos a prevenção, o controle, a fiscalização e a repressão aos delitos de fronteira, por meio da intensificação das ações de patrulhamento e controle de rodovias e rios.

Cerca de 700 militares atuaram em ações preventivas e repressivas, tais como patrulhamento, check points e postos de bloqueio e controle em vias urbanas e rurais. Cães farejadores do Exército, da Polícia Civil e da Polícia Federal foram utilizados nas revistas de pessoas e veículos para aumentar a eficiência das tropas no combate ao tráfico de drogas.

Ao impedir que drogas, armas e contrabando entrem pelas fronteiras do Brasil, a Operação Ágata fortalece a sensação de segurança da população e colabora para a redução da mancha criminal na área de fronteira do estado do Paraná.

Fonte: 15ª Bda Inf Mec

Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui