Google News

A manutenção do cronograma do mês de outubro da ‘Operação Pipa’, executada pelo Exército, foi divulgada nesta segunda-feira (11). A informação foi repassada aos coordenadores municipais de Defesa Civil. O comunicado foi feito uma semana após o presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley, denunciar a suspensão da operação.

O Exército tem se esforçado para manter a operação nos municípios, mas tem esbarrado na indisponibilidade de recursos para manutenção do programa por parte do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Segundo o presidente da AMA, Hugo Wanderley, a Entidade vai “continuar vigilante e trabalhando para que a operação não pare um dia sequer e prossiga enquanto não houver água potável para todos, principalmente as comunidades mais distantes”.

A assessoria da AMA já está pedindo informações à coordenação da Operação Pipa em Alagoas sobre os detalhes da decisão.