Google News

O Exército Brasileiro, através da Seção de Comunicação Social do Comando do Sul, emitiu no final da tarde da quinta-feira, dia 8 de julho, uma nota oficial sobre a tragédia que vitimou três pessoas, sendo dois militares e um colaborador da empresa guaporense utilizada para o descarte/inutilização dos artefatos explosivos apreendidos em depósito irregular em uma propriedade da zona rural da região de Guaporé.

Confira a íntegra da nota:

“Nota à Imprensa

Porto Alegre, 8 de julho de 2021

O Comando Militar do Sul (CMS) lamenta informar que, na tarde de hoje, durante uma operação destinada a destruição de explosivos apreendidos, ocorreu um acidente, em uma pedreira situada no município de Guaporé – RS, que resultou no falecimento de dois militares do Exército Brasileiro.

Os militares integravam uma equipe do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 3ª Região Militar que atuava em apoio à Polícia Civil.

Um Inquérito Policial Militar foi instaurado visando esclarecer o ocorrido”.

Além da morte dos dois militares e do colaborador da empresa, mais cinco pessoas, todas elas do Exército Brasileiro, ficaram feridas. Eles foram conduzidos pelos profissionais do SAMU e os servidores do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS) para o Hospital Manoel Francisco Guerreiro.

Conforme o coordenador da enfermagem da unidade hospitalar, os cinco militares do Exército Brasileiro estão internados em observação. O estado de saúde de todos é estável. Há possibilidade, se o quadro evoluir, que recebam alta ao longo da noite.

Informações e foto Eduardo Cover Godinho da Rádio Aurora.

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui