O Exército Brasileiro comemora, nesta terça-feira (19), 374 anos. Durante mais de três séculos, a instituição contribui para a garantia da soberania nacional, dos poderes constitucionais, da lei e da ordem, e para a defesa da Pátria. Com o objetivo de celebrar a data, foi promovida, no Quartel-General do Exército, em Brasília (DF), solenidade militar que contou com a presença de representantes dos Exércitos de 19 países. O Ministro da Defesa, Paulo Sérgio, acompanhou o Presidente da República, Jair Bolsonaro, e o Vice-Presidente, Hamilton Mourão, na cerimônia.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

2fc4f35a-e9c9-4535-a5f9-3422d6971428.jpeg

Em leitura da Ordem do Dia, o Comandante do Exército, General de Exército Marco Antônio Freire Gomes, destacou a atuação dos militares da Força Terrestre, em missões constitucionais, nas ações subsidiárias em prol da sociedade, bem como para o desenvolvimento nacional. “Onde seja necessária a nossa presença, ali estaremos, vigilantes e atentos ao chamado do Estado Brasileiro”, ressaltou.

O Presidente Jair Bolsonaro parabenizou os presentes e enfatizou sua satisfação por ter feito parte do Exército. “A todos vocês, hoje, militares do Exército Brasileiro, meus cumprimentos e minha continência. Orgulho de já ter integrado essa Força”.

51441a18-a1fd-455f-95d6-ea735c7aeb97.jpeg

Na ocasião, personalidades civis e organizações militares foram agraciadas com a Ordem do Mérito Militar e com a Medalha do Exército Brasileiro. Ainda, foi realizado desfile com cerca de 1.200 militares e com mais de 200 viaturas, além de exposição aberta ao público.

Estiveram presentes os Comandantes da Marinha, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos; e da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior, entre outras autoridades civis e militares. Prestigiaram o evento representantes dos Exércitos dos seguintes países: Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, Colômbia, El Salvador, Equador, Espanha, Estados Unidos da América, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana e Uruguai.

a154cc6d-53a9-4180-85df-783d292a8d5c.jpeg

Dia do Exército

A celebração ocorre em memória à Batalha dos Guararapes, realizada em 19 de abril de 1648, em Pernambuco. O confronto pôs fim às invasões holandesas à região Nordeste e, apesar de defender o Império Português, do qual o Brasil fazia parte, foi adotado como marco oficial do surgimento do Exército Brasileiro.

Por Rayane Bueno 

Fotos: Igor Soares

Marcelo Barros, com informações do Ministério da Defesa
Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).