O Comando Militar da Amazônia (CMA) disponibilizou, nesta sexta-feira, dia 4, os meios logísticos de transporte aéreo do 4º Batalhão de Aviação do Exército (4º BAvEx) para o translado de uma comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) até a Torre ATTO (sigla para Amazonian Tall Tower Observatory).

A estação da ATTO está localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Uatumã, no município de São Sebastião do Uatumã, a 150 km de Manaus. A ação logística do Exército Brasileiro possibilitou o acesso à área destinada a pesquisas científicas relacionadas ao ecossistema amazônico tropical e suas condições climáticas.

A presença das tropas do Exército contribuiu para a celeridade da missão e para a segurança no deslocamento aéreo, terrestre e fluvial da comitiva. De acordo com o Ministro Marcos Pontes, o conhecimento dessa biodiversidade amazônica também auxilia o trabalho das Forças Armadas que operam dentro da Amazônia. “Quanto mais conhecemos da Amazônia, mais nós podemos preservar e ajudar as Forças Armadas a terem sucesso em suas missões. Sabemos que o Exército Brasileiro se faz presente em toda a Amazônia e nos garante a soberania nacional e o apoio a população”.

Ainda em Manaus, a comitiva visitou a Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), onde ocorreu o lançamento de um edital que vai destinar R$ 30 milhões para Bioeconomia e Transformação Digital.

Fonte: Comando Militar da Amazônia

Marcelo Barros, com informações e imagens do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui