Estados Unidos e Rússia competem por aviões de caça de quinta geração

blank
Imagem: Picryl

Os Estados Unidos e a Rússia, duas potências armamentistas, lançaram uma nova linha de aviões de combate de quinta geração. As aeronaves mesclam importantes capacidades furtivas com avanços tecnológicos. Trata-se do Lockheed Martin F-35 e do Sukhoi Su-57, duas aeronaves de diferentes qualidades que tentarão ganhar a superioridade aérea.

Até o momento, a quinta geração dos EUA é a única que já realizou testes bem-sucedidos no campo de batalha. Foi o que indicaram os primeiros relatórios do F-35 divulgados por Israel, principal parceiro dos Estados Unidos, em maio de 2018. O general israelense Amikam Norkin afirmou que o F-35 já atravessou todo o Oriente Médio e atacou duas diferentes frentes.

O modelo americano é menor que o Su-57 e incorpora um total de 6 ancoragens para mísseis ar-ar, ar-superfície e antinavio, com a vantagem de possuir um canhão de 25 milímetros, além do equipamento de última geração necessário para realizar ações de guerra eletrônica.

As primeiras unidades dos Sukhoi Su-57 foram entregues ao exército russo em 25 de dezembro do ano passado, e estima-se que estarão totalmente preparados em meados de 2028. As aeronaves estarão equipadas com mísseis ar-ar, ar-solo, mísseis antinavio e antirradiação, que podem ser usados contra equipamentos eletrônicos, como radares.

Fonte: El Español

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

Receba nossas notícias em tempo real através dos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
WHATSAPP: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui