O Pix, novo método de transferência do Banco Central, tem sido alvo de criminosos. A ferramenta de threat intel e inteligência em fontes abertas da brasileira Apura Cyber Intelligence, o BTTng, registrou, em apenas um dia, um aumento de 400% na ocorrência do termo Pix em todas as fontes monitoradas pela empresa.
A detecção aconteceu justamente quando relatos no Twitter surgiram afirmando ser possível duplicar o dinheiro enviado por meio do Pix utilizando-se de uma chave aleatória específica. Supostamente o que aconteceria é o estorno do valor enviado sem que esse mesmo valor tenha sequer saído da conta, o que de fato duplicaria a quantia.
A notícia da brecha havia sido compartilhada entre os cibercriminosos, e então imagens e vídeos da falha sendo explorada começaram a surgir em vários canais de comunicação. Nestes vídeos e imagens, quantias bastante altas, algumas na casa dos milhões de reais, apareciam como saldo na conta dos golpistas.
“Identificamos que a falha realmente existiu, mas apenas uma instituição financeira parece ter sido afetada por ela e a chave aleatória que estava sendo utilizada pelos meliantes parou de funcionar. No entanto, começaram a surgir relatos de que a falha era geral e o objetivo era enganar justamente quem procura tirar vantagem da falha. Tais pessoas acabavam por tentar fazer o Pix para determinada chave compartilhada e o dinheiro era transferido para o outro criminoso. Essas táticas de meliantes tentando enganar uns aos outros é bastante comum e muito realizada quando uma nova falha é descoberta”, explica o coordenador de Reports da Apura, Marco Romer.
No final de 2020, a Apura lançou um relatório completo, disponível em suas redes sociais, já antecipando que fraudes envolvendo o Pix começariam a surgir e que os atores de ameaças teriam como foco a nova tecnologia na realização de suas fraudes. “É preciso redobrar a atenção e nunca utilizar chaves ou dados para Pix de pessoas que não se conhece ou com as quais não se pretenda ter nenhuma relação comercial. Sempre confirme se a pessoa que vai receber é realmente aquela para qual você deseja enviar o valor. E sempre desconfie de métodos mirabolantes de ganhar dinheiro rápido e fácil”, finaliza Romer.

Google News

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui