Termina no próximo domingo, 11 de abril, o prazo para realizar a inscrição no concurso da Empresa Gerencial de Projetos Navais (Emgepron), órgão vinculado à Marinha, que oferece 32 vagas imediatas e vai formar cadastro em diversos cargos com oportunidades para os níveis fundamental, médio, técnico e superior. A empresa oferece salários que variam entre R$ 1.115,00 e R$ 9.900,00 e benefícios como alimentação no local; seguro de vida em grupo; vale-Transporte; cesta-alimentação; e convênios assistenciais e educacionais.

Vagas

Para o nível fundamental, as vagas são para Auxiliar de Projetos Navais em diferentes áreas:  Auxiliar de Escritório, Auxiliar de Fabricação, Bombeiro, Fabricação e Montagem, Fresador, Garçom, Motorista, Oficial Industrial (Eletricista, Mecânico, Retificador e Torneiro Ferramenteiro), Operador de Equipamento Móvel, Operador de Manobra de Peso (pontes rolantes, guindaste móvel e fixo), Operador de Máquinas CNC (Centro de Usinagem, Torneiro, Pintor Naval e Segurança.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Já para o Nível Médio, as vagas são para o emprego de Técnico de Projetos Navais, com oportunidades nas seguintes especialidades: Almoxarife, Assistente Administrativo Metrologista, Técnico de Informática (Rede de Computadores e Suporte Técnico), Técnico de Segurança do Trabalho, Técnico Eletrônica, Técnico Eletrotécnica, Técnico Farmácia, Técnico Gamagrafia, Técnico Industrial Estruturas, Técnico Laboratório, Técnico Mecânica, Técnico Mecânica, Técnico Química (Laboratório Farmacêutico e Fábrica de Munições).

Para o Nível Superior, as vagas são para Analista de Projetos Navais nas seguintes especialidades:  Advogado, Analista de Administração, Analista de Recursos Humanos, Analista de Sistemas, Analista Técnico, Cirurgião Dentista, Contador, Engenheiro, Engenheiro de Produção, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Mecânico, Engenheiro Naval, Engenheiro Químico, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Médico do Trabalho e Químico.

É preciso conferir no edital, disponível no site do Instituto Selecon, os requisitos de cada emprego. Das vagas destinadas a cada emprego público, 5% serão reservadas para os candidatos com deficiência e 20% ficam para os candidatos negros.  Veja a oferta de empregos, de acordo com a escolaridade:

Inscrições

As inscrições devem ser feitas, pela internet, no site do Instituto Selecon <www.selecon.org.br> até o dia 11 de abril. É preciso pagar a taxa de inscrição até a segunda, 12 de abril, para confirmar a participação no concurso. As taxas variam entre R$ 40,00 e R$ 80,00, de acordo com o nível de escolaridade do emprego e a avaliação prevista. O edital com todas as informações está disponível no site do Selecon.

O concurso terá até seis etapas, que variam de acordo com cada emprego. A prova objetiva é comum para todos os empregos e está prevista para 18 de maio. Haverá ainda Prova Discursiva, Avaliação de Títulos, Prova Prática, Avalição Médica e Checagem de Requisitos, mas é preciso conferir a previsão de etapas de cada emprego.

O prazo de validade do concurso da Emgepron será de dois anos, contados a partir da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da empresa.

Serviço

Concurso Emgepron

Vagas: 32 + cadastro de reserva

Escolaridade: fundamental, médio, técnico e superior

Inscrição: 12 de março a 11 de abril de 2021, pelo site www.selecon.org.br

Taxa: R$ 40,00 (Fundamental sem prova prática); R$ 50,00 (Fundamental com prova prática); R$ 55,00 (Médio/Técnico sem prova prática); R$ 60,00 (Médio/Técnico com prova prática); R$ 80,00 (Superior)

Informações e edital: www.selecon.org.br

Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Universidade Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).