blank

Google News

Uma solenidade militar realizada em frente ao Quartel-General do Exército (QGEx), em Brasília, celebrou, em 19 de abril, o Dia do Exército. Comemorada em unidades militares do Exército Brasileiro em todo o País, a data exalta os valores e a história da instituição.

Entre no canal do Defesa em Foco no Whatsapp e fique por dentro de todas as notícias do dia

Prestigiada pelo Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, e por diversas autoridades civis e militares, a cerimônia incluiu entrega de condecorações a personalidades militares e civis; apresentação artística de uma formação constituída pela Banda Marcial do Exército, pela Banda do Batalhão de Guarda Presidencial e por granadeiros; e desfile de tropa. A atividade também foi acompanhada por comandantes de exércitos que participam da Conferência dos Exércitos Americanos (CEA), órgão militar internacional presidido pelo Exército Brasileiro em 2022 e 2023.

Na leitura da Ordem do Dia relativa ao Dia do Exército, o Comandante da Força, General de Exército Freire Gomes, exaltou as realizações da instituição em prol do País e os desafios que estão por vir. “O Exército não para! Enfrentamos, com denodo, as mudanças e os desafios que se façam necessários na construção de um futuro de grandeza, de ordem e de prosperidade. O século XXI está a exigir, em todos os campos do poder, respostas rápidas e eficazes que façam frente aos desafios que, nesse ambiente multifacetado, certamente surgirão. Não será diferente no campo militar, onde os conflitos modernos, muito além da tradicional doutrina, demandarão a implementação de ferramentas de elevado conteúdo científico-tecnológico”, ressaltou o Comandante.

Presenças

Também acompanharam a atividade o Presidente do Senado Federal, Senador Rodrigo Pacheco; o Presidente da Câmara dos Deputados, Deputado Federal Arthur Lira; o Ministro e Presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux; o Vice-Presidente da República, Antônio Hamilton Martins Mourão; o Ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira; o antigo Comandante do Exército, General de Exército Eduardo Villas Bôas; e oficiais-generais do Alto Comando do Exército.

Fonte: Centro de Comunicação Social do Exército