Alunos do C-Esp-HabSG desfilam em continência no encerramento do período de adaptação

O ano letivo de 2022 de 1.613 Cabos da Marinha teve início no dia 26 de janeiro, após período de adaptação ao Curso Especial de Habilitação para Promoção a Sargento (C-Esp-HabSG) do Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA). Os alunos foram recebidos nos dias 11 e 12 deste mês, divididos em duas turmas de embarque, para realização de testes rápidos para Covid-19, além de procedimentos documentais.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

blank
Aluno é submetido a teste para Covid-19 no embarque no CIAA

Durante a adaptação, os cabos são preparados para o Ciclo Escolar do CIAA e para as funções a serem exercidas em sua futura graduação, com ênfase no Referencial de Competências inicial e continuada na formação comportamental militar-naval. Entre as atividades deste período, foram ministradas lições no Circuito de Liderança, Ordem Unida, adestramentos em Segurança Orgânica, palestras do Núcleo de Assistência Social e do Serviço de Orientação Educacional.

O C-Esp-HabSG tem o objetivo de preparar os Cabos do Corpo de Praças da Armada (CPA) e do Corpo Auxiliar de Praças (CAP) para liderar as praças diretamente subordinadas, impondo-se pela lealdade, pela disciplina, pelo exemplo e pela conduta moral e profissional irrepreensível, mediante estrita observância dos preceitos da ética militar estabelecidos no Estatuto dos Militares; manter o estado físico, desenvolver a prática do comando e da autodisciplina; e assumir a responsabilidade integral pelas decisões que tomar, pelas ordens que emitir e pelos atos que praticar, no exercício de funções típicas da graduação de Terceiro-Sargento.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).