CAMAS durante exposições temáticas com representantes da Armada Argentina

O Coordenador da Área Marítima do Atlântico Sul (CAMAS), Contra-Almirante Gustavo Calero Garriga Pires, e seus assessores Capitán de Navío Daniel Francisco Finardi (Argentina); Capitán de Navío Roque Jacinto Ruiz Días Aguero (Paraguai); Capitán de Navío Mario Alberto Vaucher Rivero (Uruguai); e o Capitão de Mar e Guerra João Batista Barbosa, Comandante Local do Controle Operativo (COLCO) Brasil, realizaram, no período de 25 a 28 de outubro, Visita Operativa à Armada da Argentina.

Durante as reuniões, foram abordados temas técnicos e doutrinários, com o objetivo de aperfeiçoar os procedimentos operativos do Controle Naval do Tráfego Marítimo (CNTM) no enfrentamento às ameaças que se apresentam ao tráfego marítimo. A delegação reuniu-se com as autoridades argentinas que pertencem à Área Marítima do Atlântico Sul, promovendo o intercâmbio direto e pessoal de informações, visando à unicidade dos procedimentos e comunicações.

Na ocasião, a delegação foi recepcionada pelo Comandante de Alistamento e Adestramento da Armada Argentina, Contra-Almirante Juan Carlos Daniel Abbondanza, e, posteriormente, pelo Chefe do Estado-Maior Geral da Armada Argentina, o Vice-Almirante Julio Horacio Guardia. Ainda, dentro da agenda cumprida pela delegação, guiada pelo COLCO Argentina, Capitán de Navío Alberto María Cohen Lernoud, foram realizadas visitas a várias organizações militares argentinas e à Embaixada Brasileira em Buenos Aires.

blank
Foto oficial da Visita Operativa

Ao encerramento das reuniões, foi realizada uma cerimônia militar de outorga da Medalha “Serviço CAMAS” a militares argentinos, selecionados pelo COLCO Argentina, como reconhecimento aos relevantes serviços prestados às organizações de CNTM da AMAS e ao cumprimento da missão do CAMAS.

O intercâmbio denota a importância de reforçar os laços de amizade existentes entre o CAMAS e as Marinhas da AMAS, buscando consolidar a agenda de trabalho relacionada ao monitoramento do tráfego marítimo de interesse. A visita operativa mostra-se como oportunidade para promoção e disseminação da doutrina de CNTM, vocacionada para sua aplicação prática.

Marcelo Barros, com informações da Marinha do Brasil
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui