YouTube video

O coração do reator de Angra é o núcleo do reator, que contém o material físsil. Quando um átomo de urânio é bombardeado por um nêutron, ele se divide em dois átomos menores, liberando energia e mais nêutrons. Esse processo é chamado de fissão nuclear em cadeia.

No reator de Angra, os nêutrons liberados pela fissão colidem com outros núcleos de urânio, iniciando novas reações em cadeia. Essa reação em cadeia produz uma quantidade significativa de calor, que é transferido para um fluido refrigerante, normalmente água pressurizada. Esse fluido absorve o calor e se transforma em vapor.

Neste vídeo iremos entender o funcionamento desta fissão nuclear em cadeia.

Nos siga no Instagram

Luiz Camões
Luiz Camões é um destacado profissional da comunicação, com uma carreira diversificada e marcante nos campos militar, jornalístico e documental. Desde o início de sua trajetória em 2001, ele se firmou no cenário audiovisual brasileiro, produzindo e dirigindo programas televisivos para redes como a Record e a Bandeirantes. Reconhecido por sua capacidade de inovação, o Jornalista Camões desenvolveu formatos que cativam e envolvem o público. Atualmente, lidera um projeto ambicioso que combina informação e participação ativa, com o objetivo de promover a Base Industrial de Defesa e Segurança e as Forças Armadas. Seu trabalho não apenas esclarece as complexas redes de defesa e segurança do país, mas também apresenta ao público os interesses e desafios das profissões militares. Ao vivenciar e trazer informações dos bastidores das operações, ele proporciona uma visão única e detalhada das atividades militares. A missão do Jornalista Luiz Camões é clara: tornar acessíveis ao grande público informações relevantes sobre as atividades e atribuições militares, utilizando um formato inovador e envolvente. Seu compromisso é fortalecer os laços entre a sociedade civil e as instituições de defesa, promovendo uma compreensão mútua e um respeito aprofundado pelas nossas forças de defesa e sua base industrial.