No dia 15 de fevereiro, foi realizada a solenidade comemorativa do 72º aniversário de criação da 5ª Companhia de Polícia do Exército (5ª Cia PE), oriunda do Pelotão de Polícia do Quartel-General da 5ª Região Militar, criado por meio da Portaria Reservada de 18 de fevereiro de 1950 e instalada inicialmente junto à Companhia do Quartel-General da 5ª Região Militar, por não possuir sede própria.

Em cinco de dezembro de 1961, foi elevada a Núcleo de Companhia da 5ª Região Militar/5ª Divisão de Exército (5ªRM/5ªDE). Em oito de fevereiro de 1963, passou a denominar-se 5ª Companhia de Polícia do Exército sendo, no ano seguinte, instalada no antigo Quartel-General da Artilharia Divisionária/5.

Em 1975, passou a ocupar sede própria nas dependências do Quartel-General da 5ª RM/5ª DE, hoje “Forte Pinheirinho”, no bairro do Pinheirinho, onde está sediada.

Participaram do evento o Comandante da 5ª Divisão de Exército, General de Divisão Fábio Benvenutti Castro, o Comandante da 5ª Região Militar, General de Brigada Ronaldo Morais Brancalione, o Chefe do Estado-Maior da Artilharia Divisionária da 5ª Divisão de Exército, o Coronel Cezar Carriel Benetti, os Eternos Comandantes da 5ª Cia PE, o Coronel Rui Vaz Barbosa e o Tenente-Coronel Claudinei de Almeida Júnior, os Comandantes das Organizações Militares da Guarnição de Curitiba e autoridades militares.

Fonte: 5ª Cia PE

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui