Entre os dias 25 e 29 de abril, a 17ª Companhia de Infantaria de Selva conduziu o Estágio Básico do Combatente de Selva para os soldados do efetivo variável da 17ª Brigada de Infantaria de Selva. O estágio contou com a participação de 151 militares oriundos das organizações militares da guarnição de Porto Velho, como forma de coroar o período de instrução individual básica.

Foram ministradas instruções de preparação para a vida na selva, como obtenção de água e fogo, armadilhas, construção de abrigos, alimentos de origem vegetal, alimentos de origem animal, animais peçonhentos, tiro de caça e acuidade visual e observação do terreno. Além disso, os estagiários participaram de uma sobrevivência, na qual colocaram em prática todos os conhecimentos adquiridos ao longo da semana.

Ao término das jornadas de instrução, o Soldado Edson Delgado Mota, do 17° Batalhão Logístico de Selva (17°BLog Sl) foi considerado o destaque do Estágio Básico do Combatente de Selva 2022/1, recebendo das mãos do Comandante do 17° BLog Sl, Coronel Rossinaldo Bezerra da Silva, o brevê de selva e seu diploma.

Nos siga no Instagram, Telegram ou no Whatsapp e fique atualizado com as últimas notícias de nossas forças armadas e indústria da defesa.

Fonte: 17ª Companhia de Infantaria de Selva

Marcelo Barros, com informações do Exército Brasileiro
Jornalista (MTB 38082/RJ). Graduado em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (2009). Pós-graduado em Assessoria de Comunicação (UNIALPHAVILLE), MBA em Jornalismo Digital (UNIALPHAVILLE), Administração de Banco de Dados (UNESA), pós-graduado em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação (UCAM) e MBA em Gestão de Projetos e Processos (UCAM). Atualmente é o vice-presidente do Instituto de Defesa Cibernética (www.idciber.org), editor-chefe do Defesa em Foco (www.defesaemfoco.com.br), revista eletrônica especializado em Defesa e Segurança, co-fundador do portal DCiber.org (www.dciber.org), especializado em Defesa Cibernética. Participo também como pesquisador voluntário no Laboratório de Simulações e Cenários (LSC) da Escola de Guerra Naval (EGN) nos subgrupos de Cibersegurança, Internet das Coisas e Inteligência Artificial. Especializações em Inteligência e Contrainteligência na ABEIC, Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa na ESG, Curso Avançado em Jogos de Guerra, Curso de Extensão em Defesa Nacional na ESD, entre outros. Atuo também como responsável da parte da tecnologia da informação do Projeto Radar (www.projetoradar.com.br), do Grupo Economia do Mar (www.grupoeconomiadomar.com.br) e Observatório de Políticas do Mar (www.observatoriopoliticasmar.com.br) ; e sócio da Editora Alpheratz (www.alpheratz.com.br).