blank
Demonstração do BtlDefNBQR-ARAMAR

Google News

Nos dias 27 e 28 de abril foi realizada visita técnica do Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (SIPRON) ao Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo (CTMSP) e ao Centro Experimental Aramar (CEA). A comitiva do SIPRON contou com militares e civis de diversos órgãos e instituições, como Ministério da Defesa, Ministério da Saúde, Polícia Militar do Estado de São Paulo e Ibama.

Entre no canal do Defesa em Foco no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

O SIPRON desenvolve atividades, supervisiona e coordena ações que mantenham a capacidade de resposta imediata a situações de emergência nuclear no País, bem como protege os materiais e conhecimentos sensíveis relacionados aos Programas e Projetos da área nuclear.

No CTMSP, foi apresentada a planta piloto para produção de fibra de carbono, pioneira no Brasil e exemplo de arrasto tecnológico do Programa Nuclear da Marinha (PNM), e conceitos do funcionamento do reator nuclear, por meio de uma maquete em tamanho real. Já no CEA, a comitiva conheceu o Laboratório de Geração de Energia Nucleoelétrica (LABGENE), protótipo em terra do sistema de propulsão que será instalado no futuro Submarino Convencional com Propulsão Nuclear (SCPN).

blank
BtlDefNBQR-ARAMAR realiza exercício de emergência
nuclear durante a visita do SIPRON

No último dia, a comitiva pode entender a importância do Batalhão de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica de ARAMAR (BtlDefNBQR-ARAMAR), por meio da demonstração de um exercício de emergência nuclear realizado no Laboratório de Materiais Nucleares (LABMAT), e constatar que o PNM é relevante para o desenvolvimento da tecnologia nuclear brasileira autóctone.