Uma equipe da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), que atua no Acesso Aquaviário do Porto do Rio de Janeiro, visitou o Centro de Controle Operacional (CCO) da Atalaia da Praticagem RJ, na última sexta-feira (9). O objetivo foi conhecer o novo simulador full mission, em vias de ser empregado no treinamento dos práticos, e discutir algumas questões no âmbito do Grupo de Trabalho (GT) que estuda melhorias na Acessibilidade Aquaviária do porto.
blankSegundo o gestor de VTMIS (sigla em inglês para Sistema de Gerenciamento e Informação do Tráfego de Embarcações) do porto, Marcelo Villas-Bôas, “esse moderno equipamento será particularmente útil na preparação dos práticos para a manobra de navios de 366 metros de LOA, um dos projetos em andamento no Porto do Rio de Janeiro”.

Google News

O grupo, também composto pelo gerente de Acesso Aquaviário, Roque Pizarroso, e pelos técnicos Jesuíno Alves e Tatiana Quadros, discutiu ainda os aspectos positivos, as dificuldades observadas e oportunidades de melhoria constatadas pela Praticagem RJ, ao longo do ramp up das manobras experimentais noturnas de navios conteineiros, e os termos de um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) a ser firmado entre a Praticagem RJ e a Docas do Rio.

Villas-Bôas explicou que “o ACT visa o intercâmbio mútuo de dados do AIS (sigla em inglês para Sistema de Identificação Automática de Embarcações), de imagens de câmeras de Circuito Fechado de Televisão (CFTV), de back up seguro de dados, bem como a criação de consoles alternativos para ambos os CCOs, a fim de permitir a continuidade dos serviços na ocorrência de incidentes, acidentes ou avarias graves que venham a comprometer serviços de natureza essencial”.

Fonte: CDRJ

Participe do nosso grupo e receba as principais notícias do Defesa em Foco na palma da sua mão.

blank

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do Defesa em Foco em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui